19.3.12

o meu estômago é um carrossel às voltas, a minha cabeça é um pato doido no meio de uma corrente forte. O meu pensar acabou. Dói-me a cabeça como me dói o estômago. Dói-me o peito e respirar custa. Custa tudo. Não gosto que me ponham à prova como não gosto de ser obrigada a provar-me ser capaz de alguma coisa. Irritam-me estas definições idiotas de catalogação em massa que não servem de nada a não ser um grandesíssimo, íssimo, íssimo cansaço. 

6 comentários:

  1. Respostas
    1. I will =) [Não sei se conheces, mas essa frase faz-me lembrar esta música: http://www.youtube.com/watch?v=z6MtmkqPbps um clássico dos anos 30 ^^] Beijinho *

      Eliminar
    2. Não conhecia. Mas a mensagem é perfeita ;)

      **

      Eliminar
  2. Vim aqui parar ao teu blog através do blog doce orgulho. É provável que conheças.. Do que vi do teu até agora gostei bastante. Qual o nome da música, podes dizer-me? Gosto muito :D

    ResponderEliminar
    Respostas
    1. Ola Marianne, Obrigada por teres vindo cá parar, sê bem vinda =) a música é esta: http://www.youtube.com/watch?v=hnhdMARrV_I&fb_source=message

      Beijinhos *

      Eliminar
  3. não precisas de te provar a ninguém. prova-te apenas a ti mesma, realiza-te... que se dane o mundo. you can.

    ResponderEliminar